Portal da Cidade Nova Resende

Nova Resende
120 anos

História de Nova Resende - MG

Na região onde hoje se encontra o Município de Nova Resende havia um aglomerado composto por casas de pau-a-pique e cobertas de folhas de coqueiro. No início do século XIX, por volta de 1801, o povoado foi visitado por mineradores que vinham de Goiás e Carmo do Rio Claro. Eram eles Antônio de Magalhães e João Pinto de Magalhães, respectivamente. Também foram os primeiros moradores da região o capitão Damasiano Ferreira, o Coronel João Gonçalves de Rezende e o Capitão Joaquim de Souza Vieira.
Nesse período, o povoado começou a se desenvolver e as primeiras medidas para o melhoramento das condições de vida da população foi a construção de uma capela para dar assistência espiritual às pessoas que ali moravam. A capela teve seu pedido de construção enviado para São Paulo em 04 de janeiro de 1823. Foi construída no local destinado pelos doadores das terras e nela foi colocada a Imagem de Santa Rita encontrada na região. Em torno da capela cresceu o Povoado de Santa Rita, também conhecida como Santa Rita Velha.
Em 1824, no dia 18 de novembro, foi realizada a provisão de benção e a celebração da primeira missa da Capela de Santa Rita. Dezessete anos depois, em janeiro de 1841, a capela foi elevada a condição de Capela Curada 1 passando a ter um vigário responsável pela mesma.
A província mineira, desde a decadência da mineração ainda no século XVIII, foi dominada pela produção doméstica, vendendo-se na própria região a produção de gado, porcos, milho, mandioca, farinha e aguardente. Apenas as zonas da Mata e Sul de Minas, dedicadas à cafeicultura, apresentavam um maior dinamismo. Essa região era dominada pelas fazendas, que ocupavam 96% do território mineiro e absorviam 79% dos escravos da Província. A parte da província mais próspera era a região cafeeira que compreendia a Zona da Mata e do Sul de Minas, responsável pela maior parte da arrecadação de impostos. Nova Resende situa-se neste contexto. Economicamente, era voltada para a cultura de café. Devido à grande produção, a região ficou conhecida na época como Santa Rita do Café e Santa Rita dos Cafezais.
A partir da Proclamação da República (1889) a elevação do município passou a ser definida por lei civil que desvinculava de qualquer definição estabelecida pela Igreja. Com isso, a condição eclesiástica (curato, freguesia e paróquia) não definia sua condição para o Estado brasileiro. A criação do município de Santa Rita do Rio Claro (atual Nova Resende) foi realizada no início do período republicano.
O povoado cresceu tornou-se distrito, se desenvolveu transformando-se em freguesia pouco depois se fez vila, depois município, o que era apenas um aglomerado de casas de pau-a-pique tornou-se um cidade forte de um povo trabalhador que em cada atitude faz acontecer a nossa história, a história de NOVA RESENDE.